terça-feira, 15 de dezembro de 2009

"Eu Sou o Bom Pastor"


Duas figuras se opõem ao Bom-Pastor na parábola de Jo.10.

A 1ª figura é a do lobo.

A 2ª figura é a do Ladrão (salteador)...

Na primeira figura - O agente vem para "matar, roubar e
destruir"(obtém a mesma função de um lobo). E que também pode levar um
condinome de : "lobo-mau do mal."

Esta figura revela claramente a natureza perversa de Satanás. Como também o perfil de muita gente que se esconde debaixo da pele de ovelha ou em roupagem de...

Ele é tido como uma criatura mercenária. Lucra com o rebanho, vende a lã, e se aproveita da "gordura" das ovelhas, porém , quando vê vir o lobo , ele sem nenhum afeto e amor abandona o rebanho. E foge porque é mercenário e não se assemelha a um vocacionado para apascentar rebanhos.

Ora, o ladrão [Satanás] também possui a índole de um lobo devorador e sanguinário, ele sente o cheiro das ovelhas de longe....

E se for preciso oprimir e esmagar as ovelhas para que consiga seus intentos malignos, não pensará duas vezes em atacar tal rebanho.

E se as noventa e nove ovelhinhas estiverem dentro do aprisco "seguras", e somente uma estiver fora e sem "sua proteção" do pseudo-pastor, o mesmo não colocará em risco a sua pele para salvá-la!

É isso ou não é o que Jesus está nos alertando?

- Ele está nos exortando: Psiu! Olhem para mim, Eu Sou o Bom Pastor, e os que vieram antes de mim são ladrões e salteadores.

Não há outra exegese a fazer senão esta que claramente o texto revela, de que:O Verdadeiro Pastor de nossas almas seja Ele e somente Ele, sem mediadores, sem extelionatários, sem figuras bizarras, sem essa de mentores, gurus, conselheiros, etc.


Mas, parece que o grande problema esteja entre nós evangélicos -de-carteirinha, é que na maioria esmagadora não entendeu de fato esta parábola de Jesus, e não somente os seus discípulos como se imagina e indica no vers.6.

E desejamos loucamente a mediação de : "tutores", guias, gurus e pastores, onde tudo nos faltará- Ao invés de Tê-lo como o nosso Único Pastor relacional e sem que nada de fato nos falte.O Apostolo Pedro chega até afirmar de que Cristo é o SUMO PASTOR de nossas almas.(1Pe.5.4).Pelo menos aqui neste texto de Jo.10 a verdade como verdade diz que seja isto!

Ele simplesmente se AUTO-AFIRMA de que é o Bom Pastor do Salmo 23.

No vers.9 entra em cena uma outra figura metafórica fantástica : "Eu sou a porta; se alguém entrar por mim,salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens."- Está claro aqui esta afirmação do Bom Pastor. E que nos garante a liberdade de ser ovelhas de Seu aprisco. Onde podemos entrar, nos alimentarmos, saciarmos a sede espiritual, encontrar refrigério pra alma, descanso e consolo em qualquer circunstâncias de nossa existência dentre os lobos que esperam o momento oportuno de nos atacar de todos os lados, a fim de comer a nossa alma. Sim! Os lobos invisíveis quanto os visíveis!

Ele é a Porta pela Qual adentramos no Reino de Seu Pai. E quanto a este Jesus-porta-Pastor que conheço, Ele jamais nos tirará de um confinamento e nos colocará em outro confinamento. Não! Ele não nos tira de uma religião e nos coloca em outra, Ele não nos convida a vivermos enclausurados em monastérios, conventos e templos...

Ele não nos proíbe de usufruir dos bens materiais, Ele não nos obriga a sermos sistêmicos, doutrinados e robôs para sermos livres.

Ele absolutamente nos transporta para o Seu Aprisco e de lá podemos sair e entrar a qualquer momento que desejarmos.

No vers.14 Ele diz:"Eu sou o bom Pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas ovelhas sou conhecido". Ele está dizendo aqui que conhece a cada uma de suas ovelhas pelo cheiro, pela voz, pelo hálito, pela batida do coraçãozinho...E tem mais, as suas ovelhas O reconhecem a voz. Quem verdadeiramente pertence a Ele sabe discernir a Sua voz lá no interior do coração, uma voz quase que inaudível, e que só a ovelha que ouve e se alegra por ser Dele e viver para Ele reconhece. Voz esta que quase não a ouvimos,e nem tam pouco a discernimos, principalmente quando estamos com a alma conflitante, temerosa, inquieta, aflita, e alvoraçada.

Existem três coisas que acontecem com quem se entrega como ovelha e como que propriedade particular deste Bom Pastor :

A) Você deixa de ser uma pessoa espiritualmente enganável.
Quando você recebe esta "patada" da graça de Deus em seu espírito. Certezas e verdades se instalam dentro de você, e daí quando se ouve um sussurro, voz ou qualquer tipo de comunicação que não seja do Bom Pastor, Cujo dono e conhecedor de cada ovelhinha; aí a rejeição surge como que um lampejo dado pelo Espírito Santo. Daí o discernimento das vozes que não coadunam com a voz do Verdadeiro Pastor. No entanto é só rejeitar tais vozes....Ele jamais se confundirá ou nos deixará confundidos em relação a isso. A Sua voz é incomparável. E você terá a certeza de que Lhe pertence sem fobia alguma. Dado a um relacionamento embasado no Seu perfeito Amor, e que lança fora todo o engano e o medo!

B) Você descobre que estando Nele, que é o Caminho, e que Ele já definiu um caminho pra você, e este caminho dentro do Caminho só diz respeito a você e a mais ninguém. Você descobre que não mais precisa viver com uma neurose de imitação de vida de ninguém, os paradigmas dissolvem juntamente com os modelos, fórmulas e a universalidade dos estereótipos.
Isto implica num relacionamento entre você e Ele, o Bom Pastor. E desde já você não necessita mais se esforçar em cumprir quais sejam os "caprichos" de seu avô, seu pai ou seu pastor. Ele já traçou o caminho para você - Acredite e seja livre!

C) Você passa a ser uma pessoa comunitária e universal mesmo com a sua individuação ou individualidade como pessoa. Fazendo parte agora do mesmo Rebanho Universal do Bom Pastor. Ele que dá a Sua própia vida por suas ovelhas.

Creia de todo o seu coração, pois, é este o direito de primogenitura espiritual que o Bom pastor deseja nos dar.
E que não façamos como o insensato Isaú, cujo coração vil, não reteu a confissão de filho primogênito e desprezou as bênçãos divinas que iriam acompanhá-lo durante toda a sua existência na Terra.

Um Beijo Em todos,

Mano 02/02/2009 21:35