domingo, 13 de dezembro de 2009

Lucas 20:9-16

Então Jesus passou a contar ao povo esta parábola: "Certo homem plantou uma vinha, arrendou-a a alguns lavradores e ausentou-se por longo tempo. Na época da colheita, ele enviou um servo aos lavradores, para que lhe entregassem parte do fruto da vinha. Mas os lavradores o espancaram e o mandaram embora de mãos vazias. Ele mandou outro servo, mas a esse também espancaram e o trataram de maneira humilhante, mandando-o embora de mãos vazias. Enviou ainda um terceiro, e eles o feriram e o expulsaram da vinha. "Então o proprietário da vinha disse: 'Que farei? Mandarei meu filho amado quem sabe o respeitarão'. "Mas quando os lavradores o viram, combinaram entre si dizendo: 'Este é o herdeiro. Vamos matá-lo, e a herança será nossa'. Assim, lançaram-no fora da vinha e o mataram.” O que lhes fará então o dono da vinha? Virá, matará aqueles lavradores e dará a vinha a outros".Quando o povo ouviu isso, disse: "Que isso nunca aconteça!" -- Lucas 20:9-16. Tente imaginar se Deus fosse acometido de um surto de ira, cujo furor O levasse a Destruir toda a Criação no apagar das luzes desta madrugada...Se de fato o Todo-Poderoso resolvesse aniquilar a existência de vida no Planeta Terra e apagasse então qualquer indicio de que um dia houve vida na História da existência como feitura Sua. Suponha de que nada constaria em seus anais, catalogados, registrados nos cartórios celestes.Em vista de tudo isso, aquele que um dia fora chamado de homem pelo Seu Própio Criador, agora nada mais é do que uma poeira cósmica a vagar pelo lixão cósmico sideral. Tendo como marco a destruição da presente era nos arquivos pós-existência humana biológica e animal. Onde se culminaria em extinção.Sabendo que na verdade a vida começa no espírito e não no ventre da mãe....A parábola acima faz alusão de um dono de uma propriedade, área, um agricultor que tendo a necessidade de estar ausente da tão esperada colheita de seus vinhais contratou uma mão-de-obra especializada para prover tal ceifa em seu devido tempo.Devido a sua ausência por um longo tempo, pungiu nos corações invejosos dos vinhateiros, cujos homens tinham arrendado a terra do Senhor da propriedade, o desejo insano de usurpar a propriedade alheia...Passados um bom tempo, o dono da vinha envia um portador para receber parte da colheita primeira colheita. Vendo então o mensageiro, os arrendadores o maltrataram e expulsaram-no de mãos vazias. Atos que se tornaram contumaz por parte dos trabalhadores insensatos.Posto que o senhor da propriedade já houvesse enviado três portadores a fim de receber a sua parte dos frutos colhidos em sua propriedade (era este o acordo feito entre eles).Esta ilustração de Jesus aos seus discípulos revela claramente de que estado se encontra o coração do homem: doente, obscuro, entenebrecido, egocêntrico, egoísta, hedonista, hediondo, empobrecido, distorcido, irreconciliável, sem afeição, detrator, incontinente, perverso, cobiçoso, homicida, desvairado, louco, infame, endemoniado, arrogante, mau, cruel, lascivo, animalesco, sodomita, adultero, inflamado, odioso, etc.Dado aos abusos e aos excessos de maldades praticados pelos lavradores ingratos. Portanto de presume mediante a uma gota de sensatez que O Senhor da propriedade decidiu então enviar o seu Filho Amado e então eles O respeitarão se sujeitarão a Ele..., Engano! - Foi aí que eles arrazoaram entre si: "Estamos agora com a faca e com o queijo nas mãos: Mataremos o herdeiro e possuiremos a herdade para sempre!".Conquanto já saibamos qual foi o final da história. Ele (Jesus) veio reivindicar o que era seu e de seu Pai, proprietário das terras e das vinhas (planeta), Ele foi ignorado, destratado, hostilizado, torturado, despido a vergonha pública e diante do olhar julgador de todos os pecadores; sofreu, e foi assassinado pelos lavradores homicidas...,Contextualizando a Parábola sem meras palavras....Este Planeta pertence ao Senhor Deus Eterno. Tudo foi criado e subsiste até hoje é por causa de Sua Glória e vontade. E feito para o louvor de Seu Nome!!!!!!!!E se o desejo do homem não for o de servir em mordomia ao Evangelho de Amor, sugiro que o mesmo desista em prosseguir no Caminho..., Posto que no Caminho a recompensa venha no final de toda boa obra Nele!Fora isso, talvez melhor fosse que ele fizesse outra coisa menos servir a Deus por gratidão a vida em Amor!Você pode ver até que ponto o homem pode chegar à busca de possuir, do ter, e do poder dizer para si mesmo quanto para outros tantos de que PODE. Simplesmente por ser hospedeiro da "síndrome" de Jim Carrey (o-n-i-p-o-t-ê-n-c-i-a) - No filme Jim faz um papel de uma cara que se encontra com Deus e passa a provar o peso de ser "onipotente", e isso leva a descortinar os desígnios do coração caído do homem... Assista ao filme e veja se não é claro o fato de que a cobiça dada ao descontentamento do homem de ser quem simplesmente é: homem, o faz sofrer sem gemer, e saber de que ele é apenas um apenas diante do Universo a ser descoberto, e ante a bondade eterna de Deus...,
Ora, mataram-no fora do vinhateiro....
Jesus aqui faz alusão a esta Jerusalém - terrena, adultera e profana, que apedreja os seus profetas levantados sistematicamente por Deus, e apedrejam e mata O que lhe fora Enviado por Deus.
Eles não discerniram qual foi o DIA da Sua visitação (profético). Quem lê entenda!
Retornando ao inicio de meu pensamento.
Tento imaginar se Deus realmente determinasse que o dia "D" fosse amanhã, e simultaneamente revelasse a todos os seus filhos. Quem estaria de pé, ou com que tipo de fé estaria diante do Todo Poderoso?!
Ora, "O tempo e o espaço são modos pelos quais pensamos e não condições nas quais vivemos.” (Albert Einstein)..
- Posto que para mim quanto para você meu mano (a), hoje comemos e bebemos, mas amanhã não sabemos o que há de vir sobre nós!
Portanto faço minhas as palavras dos "ouvintes-lavradores homicidas”, pois, mesmo sem saberem e experimentarem da graça de Deus profetizaram: "Que isso nunca nos aconteça!" -- Lucas 20:16.
Um abraçoNele, que nos santifica num único propósito e que seja: de ficarmos mais parecidos com o Pai que estás no Céu.
Mano Serafim 06/02/2009