quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

História... Jesus Cristo X Alexandre o Grande




Jesus e Alexandre morreram aos trinta e três anos.

Um viveu e morreu para si mesmo; o outro morreu por você e por mim.

O grego morreu num trono; o judeu, numa cruz.

A vida de um pareceu um triunfo; a do outro, somente uma perda.

Um deles comandou imensos exércitos; o outro andou só.

Um deles derramou o sangue do mundo inteiro; o outro deu o seu próprio sangue.

Um, enquanto vivia, ganhou o mundo e, na morte, tudo perdeu.

O outro perdeu sua vida a fim de ganhar, de todos nós, a fé.

Um morreu na Babilônia; o outro, no Calvário.

Um ganhou tudo para si mesmo; o outro deu a si mesmo.

Um conquistou todos os tronos; o outro, todos os sepulcros.

Um fez a si próprio deus; o outro era o próprio Deus e fez-se servo.

Um viveu para vangloriar-se; o outro, para abençoar.

Quando o grego morreu, ruiu para sempre o seu trono de espadas.

Jesus, contudo, morreu para viver para sempre como o Senhor dos Senhores.

Jesus e Alexandre morreram aos trinta e três anos.

O grego fez a todos seus escravos; o judeu a todos libertou.

Um construiu um trono sobre sangue; o outro, sobre o amor.

Um é nascido da terra; o outro é nascido do alto.

Um conquistou toda esta terra e perdeu a terra e o céu.

O outro deu tudo a fim de que tudo lhe fosse concedido.

O grego morreu para sempre; o judeu vive para sempre.

Aquele que tudo recebe perde; e aquele que tudo dá recebe!



-- Anônimo
................................................................................................................................
................................................................................................................................
 
Comentário de Mano Serafim:
 
Na minha opinião quem fez História foi o Grego!

Sim, Alexandre III ( Magno, o Grande) destruiu; erigiu, arruinou; guerreou; usurpou, matou; desapropriou; desfilharou, conquistou, assassinou; barganhou...,

Ele sim foi peça/objeto da História Universal - ainda que tingida de "vermelho".

Da boca de Jesus Cristo apenas se ouviu quanto a isso : "Ceús e terra passarão menos as minhas palavras!" - e mais...noutra Escritura : "Eu não sou deste mundo"

Quanto ao Jesus que segundo o Evangelho o Conclama Messias e Senhor do vivos e dos mortos, este nada contém a História, posto que o Mesmo tenha ressuscitado ao terceiro dia de sua morte de uma Páscoa qualquer, digo contado no livro Histórico (Biblia)!

Portanto a História só é de fato História quando a figura "mítica" já não existe humanamente falando, já não faz parte desta existência dentro do tempo e do espaço que compõem a(história)...E neste contexto Jesus é o Senhor do tempo.

Não me julge antagônico!

Incontestavelmente o Cristo de Deus entrou no tempo e no espaço temporal da história(mas não para fazer história), porém o Jesus-mito não existe na essência e no espírito do evangelho..., na essência o que existe noutra manifestação de vida e poder é exatamente o Cristo que outrora Encarnado aniquilou toda esta história que o pinta com total romance ocidental. Então alguém pergunta: E a história narrada nos evangelhos?

Serve basicamente para quem a leia... CREIA ! O que ali está escrito deriva da perspectiva de homens que sensorialmente sentiram de maneira literal o Verbo da Vida!

Não creio de outra forma!... o Jesus histórico está na tumba dos sepulcros caiados dos nostálgicos..., aqueles que são amantes da História falaciosa e manipuladora da "verdade".

Não!..., o Cristo de Pedro, Paulo, João e Tomé rompeu a linha do Equador, escalou as Cordilheiras dos Andes, cruzou a China e fez morada na Oceania..., Ele é Onipresente e não se cristaliza quando a temperatura está abaixo do nível do mar, e nem pode ser lembrado nos centros de estudos religiosos do Mundo !

Este Jesus histórico é venerado por Roma e por muitos países cristãos históricos!

Diferente do Jesus Cristo anunciado nos evangelhos de Mateus , Marcos, João e Lucas, Este dos evangelhos, ainda controla o Universo dentro e fora do que chamamos História, embora jamais tenha manipulado ninguém.

Outra razão óbvia que desconsidero um Cristo (Messias) histórico é...

Esqueçamos que possuímos uma Bíblia e retornemos a um passado longínquo..., pergunto: Se o Messias é , fez, faz, e é a sequência cronológica dos fatos que remontam a História?

Então, o que fazer com aquele povo que não conheceu ao Messias Histórico do N.T.?

Talvez Deus tenha enviado outros Messias de acordo com o contexto histórico das civilizações mais primitivas possíveis....Rsrrssr!

Ora, mas se ENXERGO na Bíblia e até mesmo muito antes dela ser a HISTÓRIA (AT e NT) posso imediatamente VISLUMBRAR no inimaginável, ou seja, Deus tabernaculou-se não para entrar, manipular, fazer parte da HISTORIA-HISTORIA, Deus involucrou-se para simplesmente explicitar de uma vez e por todas a Verdade sem manipulações humanas e falidas...Jesus é Deus, e Deus é Cristo Jesus na forma mais humana de ser, o Ser que é hoje, amanhã e Sempiterno.
Conquanto, quando olhamos o Universo e lemos a Sua Palvra na Bíblia ou qualquer outra coisa que haja coerência com o Evangelho percebemos que Deus está acima de Sua Palavra..., acima do bem e do mal..., acima de nossos pensamentos acerca Dele ou de qualquer pessoa..., acima de nossas crenças e religiosidades obscurantistas..., e para sempre ALÉM do que chamamos e definimos como os céus onde habita a JUSTIÇA e ponto.

E isso você só descobre quando:

- Ler a Biblia sem o uso Histórico da exegese e da hermenêutica, mas com o coração escancarado, cuja interpretação projeta JESUS como a única CHAVE INTERPRETATIVA de toda a Escritura. Aí vc ver que não há HISTÓRIA e nem historinhas pra boi dormir, pois, o que sobe ao coração é o ESPIRITO DO AGORA DA MENSAGEM POR TRÁS DA LETRA como um espírito que vasculha as nossas entranhas como tocha de fogo pondo um fogarel na alma (quando leio as Escrituras e busco nelas o seu espírito, o espírito de Jesus, sinto exatamente isso). Processo que acontece na subjetividade de cada pessoa!

- Se imaginarmos Deus como alguém que enxerta episódios para se fazer protagonista da História, acredite somos mais que míseros perdedores. Mas se imaginarmos Deus como Alguém que ignora a Historia seremos chamados de Filhos de Deus, pois, de História viveu os heróis, os imponentes Imperadores da antiguidade e as religiões que usurpam de Deus o que somente a Ele pertence...,

Entretanto, o Jesus, o Rei do Universo já existia antes que o Mundo existisse!

João Batista disse coisas incríveis e profundas acerca de Jesus Cristo, e uma delas foi "Antes de eu nascer, Ele (Jesus de Nazaré) Já EXISTIA!",

Por favor não me pergunte em que manifestação e dimensão de vida!

Não que eu não possa opinar acerca dessas coisas.

Contudo afirmo: Não há nada de HISTÓRICO nesta assertiva de João. pois, o mesmo João que nasceu biologicamente primeiro que Jesus, disse o que disse por revelação divina!

E não da História que por si só não existirá se não houver o antes e o depois dentro do tempo e do espaço debaixo do sol...

Ora, o Jesus ATEMPORAL vive fora do tempo e é antes de mais nada o ETERNO. (Sl.91).

Pena que tantos crentes o tenta colocá-lo debaixo da escravidão desta existência de vida numa dimenssão não muito transcendental (pra não dizer nenhuma). E porque? Porque ao Jesus estereotipado pela História se acopla mui bien na alma daqueles que cuja vacuidade dos corações e mentes petrificadas pela "santa" ignorância do obscurantismo religioso se PETRIFICARAM!

Nele, Cujo Deus e Cristo é o Salvador no tempo e no espaço que se chama; HOJE!


Mano