sábado, 23 de janeiro de 2010

O Grande poder jamais será o poder de DEUS...

No Evangelho se se busca e se dar se recebe; e se pede e se renuncia se acha!
Como está Dito e Escrito: “Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á.” (Mateus 7:7)
Há neste mundo almas que tem o dom de encontrar alegria por toda parte e deixá-la atrás de si, onde quer que vá, assim é a Graça de Deus sobre quem decidiu seguir a vereda da Mordomia sem interesse algum, mesmo sabendo de que o vento sopra e o leva aonde quer.
Não obstante, quem decididamente se lança no Caminho do amor sem desejar receber nada de volta, senão o amor de Deus da forma tão singela e gratificante como o é...
Há também muita gente emocionalmente ferida, meio que deixadas para trás no chão da existência... Estas pessoas se encontram com a alma dilacerada pelo rancor e ressequida pelo ressentimento, e é necessário saber de que a aflição é coisa séria...
E o que parece que nestes casos ser normal, e não é.
O fissurado emocionalmente age como quem guarda o coração bem longe do olhar (para não se iludir com quem se aproximar)..., E na maioria das vezes isso acontece quando se nutria um sólido/duradouro relacionamento com outra pessoa, embora se parecesse poderoso (a) o blefe consistiu na ruptura da relação por uma simples razão de poder de querer mandar no pedaço, dominar toda e qualquer situação, tentar controlar o parceiro..., um verdadeiro blefe conjugal...,
E por mais que a situação truncada e desgastante o faça chorar e retroceder a possessão na relação conjugal é somente o coração quem possui o poder de soltar o que está preso e amarrotado...
Daí a razão sobrepõe a emoção e o que se traduz como autoproteção para os próprios sentimentos é reagir com tal pensamento: “As palavras podem ser e até se parecer com armadilhas que vão nos fazer sofrer...”
Sabe por quê?
Quando o “sonho” se desfaz muitas marcas são deixadas dentro do coração!
E geralmente a gente só percebe depois que se vão:
O sonho do casamento...,
O sonho de uma cura incurável...,
O sonho da auto-realização profissional...,
O sonho de ser feliz sem o muito...,
Saiba que...
Neste mundo o que vale é o contato humano, o contato das mãos que para um coração desolado significa mais do que um teto, o pão e o vinho; Porquê terminada a noite, se vai o tempo; O pão, dura apenas um dia, mas o contato das mãos e o som da voz cantam na alma para sempre. E assim segue a vida na melodia do tempo!
Deve ser por isso que Jesus disse: “Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á.” (Mateus 7:7).
Então meu irmão se hoje você acredita que pode ser diferente para você?
Peça...!
Dê...!
Busque...!
Encontre...!
Bata...!
E certamente as comportas da Graça se abrirão sobre ti, cujo fluxo de bênçãos inundará o teu ser!
Saia deste “cômodo”, pois, tu bem sabes que está te gerando um incomodo absurdo na alma!
Levante sobre os seus próprios artelhos, erga a cabeça, sacuda a poeira e siga em frente!
Que seja no aventurar-se em outro relacionamento..., Não tenha medo do recomeço e nem se intimide com o que aconteceu ontem...,
Que seja no encontro com a vida em harmonia com o seu coração reconstruído com total saúde emocional...,
Que seja no bebedouro do aprisco do Bom Pastor, curador e reparador de corações despedaçados pelas agruras da paixão...,
Que seja a tua busca por maior poder de ser do que aparentar ser quem jamais poderá ser, sem de fato ser fagulha nenhuma no chão da existência, posto que só seja alguém se do amor e da verdade de Deus se vestir sem a tal hipocrisia contagiante...,
E o poder de poder ser quem é, pertence somente a Deus!
Deus não é narcisista como nós....
Deus não tem e deseja poder para se Auto-afirmar!
Deus poder é!
Portanto o grande poder jamais poderá ser o poder de Deus!
Deus ama ao que poder não tem.
E sendo o Todo-Poderoso parece não ser, pois, poder não usa para obrigar!
Deus não age com o poder!
Se assim agisse destruiria os individuos que poderes pensam que possuem!
E aniquilaria todos os poderes constituídos!
Este poder que opera no Mundo em nome de Deus não é o poder verdadeiro de Deus. Pode até ser poder, ou grande poder, mas jamais o poder de Deus!
Deus canaliza todo seu poder para o Amor!
E é por isso que Deus é amor!
E Jesus é a expressão lotada do Amor de Deus em pessoa!
Quando ele disse “Eu sou”
Apenas tentou dizer que ele mesmo era o próprio amor de Deus na existência de poderes!
O eu de Jesus já nos foi dado por Deus derramado em nossos corações pelo Espírito Santo (Rm5.5),
O eu verdadeiro é a imortal vida de Filho de Deus que jamais se extingue. Assim como uma planta germina, cresce e faz desabrochar belas flores, a vida de Filho de Deus se expressa no plano fenomênico. Essa expressão é o eu fenomênico (para mim é Fé) que se desenvolve e evolui gradativamente.
Acho uma tolice quem escolheu viver a vida em busca de poderes!
Se parar pra pensar,
Descobrirá que todos aqueles que viveram no poder...
Fracassaram!
E se o Amor de Deus é o único PODER que vence qualquer inimigo de poder?
Peço-o que deste amor me faça poderoso!
Reflita sobre isso!
Nele, Cujo Dunamis me é familiar
Mano Serafim