quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Criação & Evolução


“Na verdade, os evolucionistas fazem isso soar como se uma força superior estivesse em operação para levar adiante o processo evolutivo. Alguns deles chegam a tratar essa força invisível como se fosse um deus". Foi (é) desta maneira que sempre cri... , segundo a frase acima, cuja complexidade advinda da evolução das espéci(m)es vaticinada e , talvez tentado explicar por Charles Darwin..., Ele via de sua maneira de ver e discernir humanamente as cou(i)sas, digo: a vida verificável...., O átomo, o carbono, a matéria, e o cosmos....
Entender cientificamente como gerar vida fora de qualquer tipo de vida já existente seja talvez para a ciência uma impossibilidade gigantesca – o que para o homem é impossível se crer e fazer, para Deus sempre será possível criar, gerar, florescer, nascer, multiplicar, somar, transmutar, eternizar, agigantar, particularizar(partícula subatômica), mensurar o átomo, hibridizar as células, sondar o DNA, matriarcar o gen (e), codificar cada memória inerente a criatura animal, tecer uma enorme cortina de neurônios (bilhões) no cérebro humano, minimizar todas as matizes; carga genética; herança dos ancestrais; ante a cadeia da vida dos primatas....,
Numa drágea de discernimento alguém certa vez disse de que o DNA seria a caixa preta da vida humana, no entanto hoje sabemos que não o é...
A ciência com toda sua presunção jactosa sustentada pela ignorância de seus subservientes de jaleco branco...,
Embora eu seja considerado para os cientistas como um homo-erectus-sapiens em estado de evolução cerebral, e não mais anatomicamente (rsrsr!), o que se passa em minha cabeça é qual falácia já refutada-na – mente e excretada por mim mesmo, ao contrário e para a ciência: vida só pode ser originada de outro tipo de vida já existente, ainda que de outra forma e de outra ordem...,
E quando chega neste gueto de conhecimento/discernimento afunilado, cujas mentes que se arrogam pensantes fogem pela tangente do cepticismo espiritual.
Portanto, creio de que seja impossível para um cientista desalmado admitir de que por trás das cortinas da existência exista alguém dando cordas a um relógio, “Big Bang”, não o analógico dos britânicos, nem o a teoria do Big-Bang, mas um grande legislador que dá cordas a este relógio que se chama Universo em expansão ou expandido, cuja sincronia denota um Mentor auto-suficiente e que possui uma mente fabulosa..., Embora jamais abandone em tempo algum a Criação, e mesmo que o mais arrogante dos teolo-lógicos afirmem: "Os quatrocentos anos de silêncio bíblico sem Deus"...
Posto que toda esta engrenagem (mecânica + cinética) cujas leis, princípios imutáveis da visibilidade sobressaiam as leis espirituais não “reconhecidas”, i.e., ignorantemente não percebidas, discernidas[entendidas] ou não reveladas aos cientistas...,
Ora, quem vos fala é um cara totalmente leigo diante dos fatos e da Ciência (rsrsrs), mesmo porque para se fazer ciência, é necessário que haja inquirições, perquirições, analises em laboratórios, e não somente amanipulação de livros e hamister-cobaias, sim, todas as prerrogativas que aponta um cientista... Porém sobrevivo em meio às intuições e sensorialmente do que se pode ver, cheirar e sentir, alguém que vai levando a vida verificável em vento e em popa e basicamente como um receptor da tamanha graça....
Dada a evolução de dentro para fora a qual nenhum de nós esteja salvo, os buracos negros e escusos que se formam em meio a uma ebulição química da matéria em que fomos formados, surgem os fenômenos mais antagônicos quanto a nossa essência. Refiro-me ás perguntas quanto a: a origem da existência, do ser, do espírito, da auto-existência como prova de vida pulsante, alma, emoção, mas totalmente desprovida da volição do Espírito Santo diante do tempo e do espaço.
Crer ou não crer jamais foi à questão..., A questão vigente é exatamente esta: Se não sabemos de onde viemos o caos maior é termos a certeza diante da INCERTEZA de não sabermos para ONDE iremos depois da morte...,
Conquanto para a ciência cética e cega o maior desespero seja morrer a sua morte..,
Morte esta diante do registro automático da memória quanto a certeza de eternidade latente no coração, a qual refaz certos conceitos científicos que sustentam uma imortalidade de teorias que no meu ver já falidas há tempos, mas que postulam o caráter inexorável da cadeia da vida no plano natural e horizontal - Um vazio de respostas para a filosofia...,
Todavia, fixando o olhar límpido em outra dimensão que transcendam o consciente, o perscrutar da tosca ciência dos tubos de ensaio, e permitir que o espírito intua no mais longínquo espaço imensurável do ser, certamente trará revelações "coerentes" quanto a evolução da Criação em Deus do que é invisível para o visível, e daí a compreensão inteligível do homem lhe permitirá um vislumbre do desconhecido, quântico e do espiritual (metafísico).
Pretendo ficar por aqui para não ir mais adiante e me deixar ser traído por uma palavra, ou mesmo tornar-me incoerente...,
Entretanto toda a minha maneira de ver, assimilar e compreender a evolução se deriva de uma AUTOEXISTENCIA, de vida existente antes dos prótons + elétrons = átomo...,
Sim! Creio na auto-existência de Deus, e que Dele se derivam o Universo visto e os universos não vistos, e basicamente pela fé e não pela analises cientificas.
Assim como a Ciência esquizofrênica tenta empurrar goela abaixo o capricho de que a Teoria do BigBang eclodido de uma explosão de algo do tamanho da cabeça de um alfinete – Oriundo da eternidade do coisa nenhuma...,
Assim eu também me defendo de que a partir de algo já pré-existente se derivou toda a sorte de vida dos cosmos, já que a “dúvida” esteja sobre a pretensa de que vida só se deriva de vida, e matéria dó se deriva de matéria...,
Portanto, já que a Ciência necessita de uma pedaço de existência qual prototipo se define como carbono-materia - A minha análise perpassa não a ciencia, mais ratifica de que o Universo Criado foi gerado pela EXISTÊNCIA de Deus imanentemente em cada partícula subatômica de cada materia viva.
É vida derivando de vida já "imaterialmente" existente!
E porque não crer que espírito só se deriva do Espírito?!
Nele, Que talvez sempre tentara dizer:"Eu crio e vocês evoluem em si mesmos",
Rsrsrs
Mano Serafim