domingo, 7 de fevereiro de 2010

A Igreja Emergente (eclesias)

De: Gutox Rocha


Para: alfredoserafimanjo@ig.com.br

Data: 30 de janeiro de 2010 09:06

Assunto: A Igreja emergente...





Serafim, Paz de Cristo!



Cara, gostei muito dos seus textos.



São inteligentes e diretos e fala de uma realidade



Que poucos estão dispostos a perceber.



Parabéns.





Agora me diz uma coisa:



O que você acha da Igreja Emergente?



Concorda ou acha que é mais uma "invenção humana"?



At.



Augusto Rocha (Gutox)



Resposta:

Querido Augusto graça e paz da parte daquele que habita na luz inacessível!

A gente “acha” que têm muitas coisas que estão fora do lugar neste mundo louco...

Principalmente quando “achamos” que somente nós que somos os “filhinhos-de-Papai do Céu” do pedaço. (rsrrsrs!)

Todavia no que se refere ás produções humanas e religiosas, todas elas tendem a escravizar a mente e a alma de seus adeptos, e a História é capaz de nos revelar isso...,

Para melhor entender o que passo a escrever, cuido de que seja necessário entender o glossário abaixo:

IGREJA – ideologia existencial, instituída por Jesus Cristo – grupo de pessoas invocando o Seu nome ( disse Jesus: “duas, três ou mais reunidos”)

“IGREJA”- gente, crente, cristão que se deixou  INSTITUCIONALIZAR-se,

No meu ver Jesus não ensinou fórmulas e nem disseminou ensinamentos devocionais engessados, e nem tampouco ordenou que se investisse em prédios, igrejas nominais, terrenos, fazendas, patrimônios, etc.

Ora, o que Ele apenas pregou foi o Evangelho da Graça de Deus, como bem vaticinou o profeta Isaías - O ano aceitável/da BONDADE do Senhor sobre toda a humanidade... [...]...,

E aí alguém me pergunta: E como seria para organizar a demanda de gente que se converteria ao passo que o Evangelho fosse pregado?

Eu respondo: É fácil, basta deixar que o Espírito dê as coordenadas segundo a demanda, e o futuro a Deus pertence. Não falo como um desvairado e irresponsável, porém falo como quem ver segundo o Evangelho Neotestamentário, pois, está escrito: “O vento sopra onde quer”.

E todo aquele que é GUIADO pelo Espírito não SABE para onde vai e somente O obedece!

É bem simples assim!

Se a massa humana inchar?

Cabe ao Senhor multiplicador de almas convertidas, organizar o que de fato deve ser organizado sem nenhuma paranóia eclesiástica e de conquista territorial...

O que é lógico e coerente é que ao passo que a Igreja cresça indubitavelmente se organize tal “ministério”, julgo, o que é bem diferente das pessoas se tornarem "organizações ministeriais' e incessíveis a toda prova de amor!

Crê tu nisso?

Portanto o que está aí não tem nada a ver com a idéia de Igreja idealizada por Jesus e instituída por seus doze apóstolos...,

O que hoje se ver é uma legião de cristãos que fogem do contato do Mundo e se confinam em templos suntuosos no afã de serem “salvos” do mundo e das falsas religiões monoteístas legalistas...,

Mas na verdade é um tremendo de um engano, pois, eu nunca vi em toda História do cristianismo uma igreja tão PAGÃ como a nossa, os protestantes pós-modernos...,

O que se ver são “igrejas” e não Igrejas!

Vejo que têm muita gente fazendo o que o Pastor, o líder e o Apóstolo mandam, mas pouca gente fazendo o que Jesus ordena...

Tem muita gente servindo a “igreja” e seguindo seus ritos, cerimoniais e devoções, e pouca gente amando a Igreja segundo o Evangelho (o perdido, o viciado, o traficante, o rejeitado, o pecador, o doente, o faminto, o miserável...).

Eu particularmente creio na Igreja Emergente!

Ora, e é basicamente de uma necessidade espiritual que nasce uma Igreja Emergente – foi assim na História da Igreja (Atos dos apóstolos) deverá ser também assim em nossos dias!

Sim, eu acredito numa igreja dinâmica e que não mede esforços para abençoar gente que quer se sentir um pouco gente como a gente! Igreja é feita de gente humana que não é humanista, mas sabe discernir bem que todas as pessoas são humanas e gente!

Uma frase que poderia ilustrar o que estou tentando explicar seria esta; Mostra-me as tuas obras-de-fé como Igreja viva de Deus no Mundo que eu te mostro a minha fé neste Deus EMERGENTE que tu serves!!!

Sim!

De “igrejas” o protestantismo cristão já está repleto...

Talvez o que lhe falta seja o Amor que se dissolveu no meio de suas entranhas materialistas chegando ás camadas mais profundas de seus ramos, cujo enxerto seja a Videira Verdadeira, e que ainda lutam para vindimar, pois, os seus ramos ainda não foram cortados!

Não foram AINDA cortados por uma simples decisão unilateral do Agricultor...

O Agricultor [Pai], a Videira [Filho] e os ramos [discípulos-Igreja]...,

Jamais serão surtos provenientes das produções humanas!

Estes EMERGEM/saíram de Deus e retornarão para o seio da casa da Vida de Deus!

Todavia a instituição denominada: ‘igreja’, esta sim morrerá com a morte de toda e qualquer religião que “VIVE” para se auto-afirmar quanto religião.

Posto que a mesma USURPASSE de Deus o que a Deus pertence com totais significâncias de Poder e Glória!

Saiba de uma coisa: quem salva o homem é apenas Deus, e quem condena o homem é a doutrina da “igreja” cristã histórica, seja ela cristã romana ou cristã protestante – ambas “detém” os seus purgatórios doutrinários e medievais na mente do povaréu!

Sou a Igreja!

Amo a Igreja!

Creio na Igreja!

Sirvo ao Senhor da Igreja!

E mesmo sem sentir o seu cheiro mano, “acho” que você também pertença a Igreja Emergente de Cristo Jesus!

Espero ter ajudado!

Um ósculo,

M. Serafim