sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Fé-liz 2011


Este ano de 2010, que segundo o calendário gregoriano hoje chega ao seu término...,
Foi-tem sido para você um ano de boas ações ou um ano de intenções boas?
Foi-, tem sido para você um ensinamento para o próximo e novo ano ou mais a marcação do tempo em 365 dias?
Foi-, tem sido para você um ano de conquistas ou o que aconteceu foram baixas inestimáveis quanto aos valores do ser?
Foi-, tem sido um ano de maturação ou o que veio logo se foi como uma chuva de novembro, temporã?
Foi-, tem sido para você o ano que a graça de Deus te visitou em perdão e redenção ou a angustia e o ressentimento achou guarida no seu coração?
Ora, se foi? Foi! E neste caso está indo embora -, embora o ano por um pouco de tempo para nós ainda não findasse, mas terá que ir embora semelhante aos outros anos, esperaremos com certa expectativa e ansiedade até ás 12:00 horas, e então...
É meu desejo que o Tempo determinado de Deus na sua vida se cumpra fora ou dentro da sua particular “esperança” de cada tempo...,
O Tempo de Deus poderá ser hoje, ou poderá ser daqui as algumas horas!
Na verdade somos nós que controlamos o tempo o tempo todo, como se o tempo fosse possível ser controlado!
Portanto minha amada e meu amado, o convite do Evangelho para a vida em amor continua a ser o mesmo de sempre, ele não muda o layout, ou seja, a Seara é grande e faltam ceifeiros voluntários!
Sim, o convite é para semear a Palavra da vida nos terrenos dos corações que ainda se encontram na aridez da in-fertilidade!
Na fé no Invisível que põe as montanhas para andarem..., não se pode crer com esperança, pois, se só se crer pelo que espera acontecer e receber no que habita esperança, a Graça de Deus não se manifesta (rá), sendo assim a Graça deixa de ser um favor imerecido. Ela se manifesta (rá) quando ali não houver mais esperanças e nem standartes humanos meritórios!
Pela ingratidão humana, o homem aprendeu a colher cardos e espinhos, e mesmo sem ter que plantá-los!
A ainda não fez as pazes com a lógica e parece continuar inimiga da razão!
Então o sábio na fé lança as sementes híbridas (amor e paz) no chão da vida em santidade e gratidão ao Deus do céu que faz chover sobre os homens bons e ruins!
Daí o crente que é filho da Promessa crer-crendo contra toda arquitetura da esperança..., crendo contra a esperança...
-- Certa vez um amigo me disse que a “esperança é a última que morre” (risos). E a você eu sugiro: deixa-a morrer, nem que seja antes da virada deste ano de 2010-2011...
Se de fato isso for vida desde já em você, digo deixar morrer todas as esperanças de tudo que se cobiça e deseja ter como segurança para uma pseudo vida feliz e livre do que não se pode livrar-se neste mundo...,
Enfim,
A minha oração surtirá efeito, posto que o terreno do coração se abra para o cuidado de amor do Agricultor. Talvez, aquilo que nós o guardamos dentro de nós o ano inteiro, Deus esteja hoje e agora nos pedido como presente de Ano Novo...
Semeie como semente de morte [entregue] e ceife uma nova vida [renovo]em sua vida!
Não importa se for uma dor, uma perda ou uma falta. Entregue nas mãos dEle [Agricultor]!
Conquanto que estejamos des-prendidos de tudo que tenha nos prendido neste tempo[durante este ano] e o tempo todo, e que possamos ser mais objetivos [como o bom Samaritano] do que contemplativos [como os sacerdotes de passos largos] em diligência a família, ao Reino e ao próximo...
Um-liz ano de 2011!!!!!!
Mano Serafim & família................ 31/12/10.