domingo, 10 de abril de 2011

Deus é-existe...


“O Filho de Deus se tornou homem, para que os filhos dos homens se tornassem filhos de Deus” (C.S. Lewis).

O “Homem / Ser humano” – tem tentado ser o que não é – deus e ou viver sem relação com Deus, o Criador. Assim ele vive separado de si mesmo, com uma personalidade dividida, com crises existenciais e de identidade, sem completo equilíbrio psicológico.
Querendo ser o centro do universo
, ele se recusa a ser criatura que é – está tentando levar o mundo nas costas, e fica esmagado pelo simples fato de que a tarefa é demasiado grande e pesada para ele (Ec 2.13,14).
E seus medos são:
- Vive com medo do impessoal – estar sozinho...
- Vive com medo do não ser – não sei quem sou eu...
não tenho existência válida...
- Vive com medo da morte – Fim? E depois?
A você  homenzinho ao qual Deus o criou - Pois pouco menor o fizeste do que os anjos, e de glória e de honra o coroaste”...(Sl.8.5). Resgate-se a realidade de que ser homem, ser humano é ser gente, criatura – criado a imagem e semelhança de Deus, podendo se relacionar com o Criador, com os outros e com o mundo que o cerca...,
Ora, e uma boa iniciativa própria seria desde já se começar a temer a Deus: Conhecer, confiar, amar e obedecer a Deus.E seria um ótimo conselho: Viva baseado na obra redentora de Jesus Cristo – n’Ele há perdão e aceitação real; n’Ele há amor real; n’Ele há poder do Espírito para se viver a vida na sua plenitude com satisfação real aqui e agora; n’Ele há esperança na eternidade – o encontro da perfeição, do perfeito equilíbrio, da perfeita comunhão.O ser humano foi criado para viver para Deus, amar a Deus e ao próximo, Mt 22.37-40.
Tendo o homem experienciado de Cristo, ele assim dirá sem medo algum: Agora posso viver, amar e ser amado com a dimensão da cura divina no meu ser e nas relações interpessoais,pois, é o que soa no meu coração – “Bem aventurado(s)...” (Mt.5.7)..
Carl Gustav Jung dizia aos seus pacientes “Aja como se Deus existisse...” Deus existe – (Gn 1.1).
A solução para o ser humano não está no vocábulo “Deus”, está na existência real, na Pessoa de Deus, do Criador, leia em Sl 8.1,3,9.

O salmista disse que :

O Deus Infinito e Pessoal - existe.


O Deus Infinito e Pessoal – criou.

Você foi feito a imagem e semelhança de Deus, logo você também existe, você é real.
Você precisa se movimentar para fora de si mesmo, se movimentar na direção de Deus e então adorá-Lo, leia em Sl 8.1,2; 9.1,2. Desejar e nutrir uma comunhão com o “EU SOU” ( Êxodo 3:14; João 8:58).
Alguém vai ler este textinho meu e certamente pensará: “Hum, o mano está tão bíblico estes dias, e fez questão de citar as referências bíblicas” (risos) .
Ok, mas acho mesmo que nestes dias estou "mais" bíblico do que nunca, mas não se enganem, quando escrevo os artigos, levo em consideração que pelo menos quem assim me leia possua a Palavra do Evangelho no coração, posto que ter a Bíblia na mente só por tê-la como letra sem  o "espirito da revelação" de nada adianta se dela não se faz o uso no pisar desta vida em amor.
Na mesma Graça,
E, Nele
Mano Serafim