quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Pelo Sim da Graça... que é de graça






                                                        Efésios.4.17-32
Na mente de Paulo o mundo antigo era dominado pelo espírito de entorpecimento atuante oriundo do Príncipe das potestades do ar ou deste século, Satanás, sim, um manipular de forma sutil e astuta. Cuja legalidade humana se dava no entenebre-cimento-de-mente e na petrificação do coração, e, no entanto ser um gentio era a expressão mais evidente para se identificar o individuo que não fazia parte da família de Deus existencial-Mente!
Dada as geografias da mente e do coração, mapeando as ambiências de minha existencial geologia e explorando os meus magmas mais sedimentares e profundos me entrego a sondagem do Espírito...,
Quando que em mim se deu a ciência de uma consciência da minha exata existência? Qual entendimento eu obtinha de minha vida?.
Faço-me esta pergunta em razão de ter Deus me alcançado pela sua maravilhosa Graça.
E respondo sem medo e sem iniqüidade: Nenhuma!
Penso que antes eu existia como qualquer ser existente no universo, porém, sem nenhuma consciência que me trouxesse o entendimento do que Deus em Cristo realizou em mim, vida! Nada diferente de um protozoário sem volição!
A Palavra do Evangelho é a absoluta verdade eterna que permanece sempre presente na ação do tempo do antes e do depois; de tudo que foi feito e se fez; e de tudo do que se fora feito, por si só não existiria; de toda a existência do vir a serem em todas as formas de vidas e suas adaptabilidades ás superiores dimensões.
No tocante a maneira social de se con-viver, os homens foram passando por um processo de evolução aos poucos, ninguém aqui vai ter o inadequado pensamento de que a mentalidade da época de Paulo e dos efésios seja semelhante a nossa em pleno séc.XXl (perguntem a exegese).  O que me refiro é a disposição mental em relação à vacuidade dos nossos pensamentos, pelos quais são os pensamentos que norteiam os instintos e desejos mais imbecilizados possíveis e passíveis aos homens.
Um exemplo muito claro do que falo é o modismo secular que tem nos engolido aos grandes goles, seja na saúde, na intimidade, na estética (definido o padrão de beleza ditadora - impondo o que seja belo e que belo não seja pra você), na alimentação (uns ditam os alimentos corretos e outro em seguida derrubam a tese anterior) ; nas emoções (fórmulas, receitas e estereótipos - do que se defina importante e o que seja desimportante pra você), nas decisões (objetivando a sua subjetividade) ,  opinando nas nossas atitudes (o que é certo e o que é errado  moralmente pra você - o que é importante e o que não seja importante) e na ficção. Como também na religião!
Muitas vezes consentimos a usurpação de outros (líder, amigo, patrão, cônjuge, namorado, irmão, mãe ou pai) que nos invadam a individu(al)idade e nos roubem o bem maior que nos foi concedido por Deus, à beleza de se viver esta vida refeita pela Graça esplendida-mente escandalosa e de graça, sim, permitimos que de maneira inconsciente que nos privem da liberdade expressiva de vivermos a nossa própria vida – aceitamos que outros descomedidos venham e assim nos convençam e nos “guie” pelos seus cegos instintos, e mais, nos tomem a identidade de sermos a pessoa ímpar que o próprio Deus nos fez, e nos envolva com seu sensualismo carismático.
Daí o discernir de que a consciência vem quando fomos vivificados pela projeção divina acolhida pela revelação de Jesus Cristo na vida de todo aquele quer creia no Evangelho como a última revelação -, por assim Deus falar ultimamente através de seu Filho a nós e em revelação a revelação particular-Mente...,
Na carta aos Efésios o Apostolo Paulo destrincha a Graça de Deus sobre a Igreja de maneira extraordinária.
Nos deteremos então no cap. 4.17-32.
A boa noticia é-era: “Portanto digo isto, e testifico no Senhor, para que não mais andeis como andam os gentios, na verdade da sua mente, entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração; os quais, tendo-se tornado insensíveis, entregaram-se à lascívia para cometerem com avidez toda sorte de impureza".
As mesmas tiranias que esmagavam e aniquilavam a consciência individual e da existência de cada individuo na época de Paulo são as mesmas que pesavam sobre mim e sobre você, e isso tudo era apenas o resultado de se ser um ser “inacabado” e que correspondiam inteira-Mente as pulsões animais e instintos, porém, sem nenhuma percepção psico-espiritual do que fosse o mal ou mesmo o bem para si..., o que impelia-nos é o mesmo “espírito-sistema” caído e ambíguo de hoje que gere o Mundo com seus conceitos onde se relativiza a verdade...,
Imagine você, uma pessoa ter que “consultar” antes de sair de casa ou mesmo antes de fazer qualquer coisa durante o  seu dia um horóscopo? Saber como provável-mente lhe será o dia lá fora. Já outro, ficar subindo e descendo as escadarias da igreja do Senhor do Bonfim em  para pagar suas inapagáveis “graças” atendidas pelos santos católicos beatificados por Roma. E ainda outros fazer uma leitura hodierna na relação entre Deus e o evangélico através dos interesse e das barganhas...,
De Diana dos efésios a casta de sacerdotes e cardeais romanos a manipulação psíquica vem se arrastando há séculos a fim de cauterizar ainda mais o povo pelo secularismo bestial. Na falaciosa moral e dos bons costumes cristãos (toda moral por via de regra é formada/formulada por pecadores), o inconsciente coletivo se enraizou profundamente no cerne de muitas gerações paganizadas, mas que também vociferam em uníssono a doutrina do politicamente correto religioso.  E nesta empreitada não se escapa nem mesmo a cria da Igreja de Roma, o Protestantismo.
Ser gentio é estar numa condição reprovada e alienado de Deusdeixar de ser gentio é  rebelar-se contra toda ação de inimizade contra Deus e pela Sua repreensão se escancarar para a Graça gratuita do Pai em virtude de Seu santo amor!
É encarar com os punhos da justiça e da verdade mesmo ! todas mazelas que interagem inimigamente furtivamente na mente pela qual outrora sempre nos causou uma dês-consciência do que seja santo e verdadeiro em espírito da RETA justiça em nossa antes existência sem a Graça de sendo HOJE do Evangelho transformador...,
É também deixar que o coração amoleça não por sua lógica ter sido esmagada por alguém que assim te convenceu de uma lógica superior a sua, mas é tão somente abandonar a toda lógica, razão e emoção e se RENDER a  loucura da sensata REDENÇÃO!
É quando não existe na sua existência mais nenhum sentido que te tenha sentido de se auto-justificar a se evadir do que paradoxalmente não seja compreensivo e racional como prova de sua existência. Aliás, é fugir da responsabilidade psicológica de que o PECADO é causa primária de todas as dissidências existenciais.
Porque nada-de-nada se sabe e se sonda do porque de tanto amor unilateral da parte dAquele que escolheu nos amar compulsiva-Mente!
Posto que a Fé seja a irracionalidade que invade o ser do homem animal e o torna além de existência um ser-homem-imaculado vivificado psico-espiritual-Mente a imago Dei !
Creia, por mais vil pecador que o homem seja, nele jamais se apagará inteiramente a imagem de Deus em seu interior!
Daí a prova de que somente através da Fé se com-prova a Ressurreição primeiramente da estrutura do corpo psíquico (renovação do entendimento pelo agir do Espírito Santo recriando no ser-do-homem do homem-interior uma cônscio-consciência eterna dos valores outrora subliminados pela dormência da morte espiritual ), cujo entendimento nós cremos que já estamos (mesmo fisicamente não estando) assentados nas regiões celestiais com Cristo Jesus, e de tudo o quanto seja da Sua glória divina pra nossa herança!
Aliás, quem assim não crer ainda não obteve tal entendimento de que a Graça é o favor imerecido de Deus e sem graça, pois, o castigo que de fato merecíamos este não recebemos, e o Bem que não merecíamos este Dele recebemos sem adicionais pecuniários algum.
Portanto, não há mais argumentos que pelo SIM da Graça tudo já se foi feito e Deus jamais permitirá que alguém ou outro evangelho a-pague o que já está PAGO.
Por que consumado está!
Sim,  é de graça!
Nele, Aquele que rugirá feroz-Mente e espantará o Intruso das existências das vidas na Vida.
Feira -BA
22 de fevereiro de 2012
Mano Serafim