quinta-feira, 12 de abril de 2012

Por que ninguém [se]questiona quando se recebe o Bem?




Tudo vai bem comigo e com você conforme recebemos o BEM que nos é proposto pela via da vida imediata em amor.
Afinal, estar bem é também bem saber que todo o BEM que nos é oferecido, seja apenas uma questão resoluta da Graça de Deus em nossas vidas... Do contrário, eu me contrariaria com TUDO e com TODOS, porém, o fato de eu estar bem e de bem com Deus; com as pessoas que me cercam e com a vida não me exclui também do direito de receber o MAL pra o meu necessário bem vindo de Deus – Semelhantemente como o sofrido Jó aceitou a sua provação na certeza de que Deus no final iria aprová-lo..., foi o Apóstolo Tiago quem afirmou isso!
Aliás, estar bem nunca fora sinônimo de às vezes não estar mal, ou até mesmo acordar mau-humorado...,
Fora isso tudo (as aparências), ou seja, sem a presença do mal..., tudo anda de bem comigo SIM! E com você como andam as coisas?
Muitas pessoas acreditam que ao se indagarem do porque do mal aparecer como um mal necessário em suas vidas, jamais deveria assim ser um motivo de se buscar as respostas da parte do Criador – Jó não se intimidou com seus amigos e insistiu em ouvir da boca de Deus as repostas que porventura justificariam o Mal que lhe sobreveio. E este é de certo modo um  mal bem maior  de nossa parte que porventura mal poderia vir sobre o outro, o de pré-julgar o porque desse "mal" na vida do próximo como se fossem apenas sinônimos de pecados enrustidos!
Segundo Dr. Huberto Rohden a palavra ou expressão Crear (Latin) é a manifestação da Essência em forma de existência (verbo heb. Bara) – criar é a transição de uma existência para outra existência (pro-Criar).
Já afirmaram que Deus "cria" o Mal, mas só faz/opera o Bem!
Eu discordo!
Posto que o Mal que existe no Mundo é produto-consequência inata da má interpreta-Ação do Bem-Bom de DEUS pela Via-da-vida e nos mundos-dos-homens-do-Mundo! 
A má interpretação sugere/provoca respostas erradas, mesmo que essas respostas venham de nós mesmos, os laboratórios cruciais. Haja vista, que não existe nenhum mundo grande e mau lá fora..., tudo seja apenas uma questão da nossa percepção, as coisas acontecem aqui dentro de nosso universo interior, dele emergem a vida e a morte; o olhar de compaixão e o olhar de rejeição. 
Vai que alguém me interpele e me "mostre" que  no mundo o Mau tenha: corpo , alma e forma - não! Ele é amorfo! Somos nós que damos as formas...e para o bem que mal conhecemos como efeito de conhecimento espiritual entre o mal e bem de nada discernimos senão pelo Espírito que nos ensina tudo!
A cura da nossa sociedade está sobre a Igreja - "O reino de Deus está dentro de vós"- disse, Jesus. Todavia, qual é a posição da Igreja Neo-testamentária  de hoje?
Ora, e o nosso olhar está julgando mal, e com o Mau -, as pessoas, os animais, os seres deste mundo! A nossa dívida com o Creador só faz "crescer quântica-mente"....
Portanto, meus amados e irmãos em Cristo, Deus não Creou o mal e nem tampouco possua uma natureza má, antes de bondade ele permeou o homem-criador de todos os males possíveis e passiveis na natureza!  
O poder infinito do Deus Todo-Poderoso é o Creador do Universo – um fazendeiro é um criador de gado.
Há entre os homens gênios creadores, embora não sejam talvez criadores!
Um ótimo exemplo do que falo é a conhecida lei de Lavoisier diz que, “na natureza nada se crea, nada se aniquila, tudo se transforma”, se grafarmos “nada se CREA”, esta lei está certa, mas se escrevermos “nada se cria”, ela resulta totalmente falsa.
Daí nos passar a ser salutar intuir que, o meu questionamento seja mais egoísta do que TUDO e do que de todos..., e isso provavelmente não fará Bem a ninguém.
E porque digo isso?
Pela única razão de você (ou mesmo eu) estar sempre como centro pivotal das situações...,
Longe de entender de que o Bem coopera para o Bem daqueles que amam a Deus e nesta empreitada, o Bem pode vir feito um mal necessário a todos nós como o foi na vida de Jó.
E nem precisa ser propriamente um crédulo para isso porque até mesmo nos ateus o mau alcança!
Afinal quem se arroga estar bem, bem está - ou seja - esse carrega dentro de si não a culpabilidade de um mal-estar de estar bem-Mau ou de mau-estar , mas a doce Fé da certeza em pura convicção de que tudo se está Bem quando bem se anda no Caminho do Bem.....Em Jesus Cristo -  o Caminho!
Saiba, ando bem-no-Bem e de bem comigo mesmo e com as pessoas, mesmo aquelas que o Bem não me desejam.
Sendo assim, assim com o Bem eu venho sendo – Ora ando bem, ora corro bem, e de bem pela via da Graça pelo Bem-do-Amor na CONSCIÊNCIA de que não devo mais transgredir por falta de se fazer o bem..., a bem da verdade, a lei do Evangelho, que é amor ao Bem e do bem-querer do amor, ao próximo, pelo qual eu creio existencial-Mente e procuro andar benévolo-pia-mente sobre as suas pisa-duras neste solo pedregoso e árido de des-amores ...!
E mais do que nunca estou convencido de que Quem ao Amor de Deus se entregou, foge, correm da aparência do Mal, evita todos os males (se é que se pode); ama a verdade que o Evangelho apresenta como ABSOLUTA e não negocia com Deus e nem com ninguém - Isso eu ME REFIRO EM TODAS AS ÁREAS DE NOSSAS VIDAS!
Respondido?!
Beijão,
E n'Ele, eu.
M.  Serafim.