terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Lança teu pão...


  • Lança o teu pão sobre a flor d'água...Vá, e fazendo isso deixe que a correnteza das águas distribua para cada ser carente de pão o que lhes for necessário para viver...Vá e lance na medida de tuas forças aquisitivas e na riqueza que porventura haja em teu coração...e que sendo assim não te esqueças de esquecer-te que quando se lança do próprio pão para que se torne o pão-do-alimento do Outro , O Senhor multiplica também os teus celeiros de trigo e o o teu nobre coração de felicidades, porque os da sua casa jamais padecerão por lhes faltar o alimento para a vossa alma. Vá e indo não permita que a sua mão direita impeça da sua mão esquerda de partilhar do alimento que Deus tem te dado em abundância...Lance e depois de lançá-lo desejará do pão que te alimenta a vida e pra toda a vida lançá-lo cada vez mais, porque a verdade é que te fará tão bem em lancá-lo sobre as águas que o Bem do alimento dalém do pão te alcançará como o verdadeiro pão de cada dia...E sendo que tu tendo lançado do teu pão sobre as incertas águas da agonia, logo do Pão sem o fermento da hipocrisia da vida te fartarás! 
  • Depois de lançado o pão sem destino certo, o gesto já se faz certo decerto que nem mesmo o incerto o saberá. Deus lançou o seu bendito Pão sobre as nossas águas...E deste Pão da vida e que dar a vida aos homens, por certo te alimentará.

Mano Serafim