segunda-feira, 10 de março de 2014

EU...

EU...
Não desejo que o mal se torne um mal com grande proporção para você...
Desejo somente que o mal seja um mal necessário para que possa alertá-lo (a) dos males que a vida traz...
Não desejo que o ódio cegue o seu coração e domine a sua mente. 
Desejo que o seu cérebro/coração enxergue com entendimento e suavidade o amor por trás da imagem de cada pessoa...
Não desejo que a prosperidade ande longe de você.
Desejo e torço para que as suas escolhas de hoje te honrem amanhã...
Não desejo nem em sonhos de te vê aos prantos por um alguém que já partiu da sua vida.
Desejo acreditar que se esse alguém não permaneceu em sua vida é porque não desejou permanecer em te amar do jeito que você é...
E se hoje tu sofres de amores, ame-se e esqueça o que já se foi para sempre mesmo que ainda em ti exista algum fragmento de outrem...
Não desejo que a morte com uma foice em punho lhe pegue de surpresa numa virada da vida qualquer.
Desejo que você reflita que assim como a morte virá para mim também chegará para você um dia e é aí onde realmente decidi(re)mos quem somos nós; quem fomos para os que ficarão nesta vida...e o que somos para Deus.
Não desejo que você implore por migalhas de aceitação diante de um grupo social seleto.
Desejo que a sua alma se abasteça e se adapte à simplicidade de vida como quem ama viver a vida amando a toda gente, gente que chuta o preconceito para bem longe de si...
Não desejo que você enriqueça de dinheiro, pois, conheci gente tão pobre que só tinha dinheiro. Ricos de posses materiais, porém emocional-Mente miseráveis.
Desejo que a riqueza espiritual do evangelho lhe adorne por inteiro (a), cubra a sua alma de jóias, tesouros e pérolas preciosas com toda sabedoria de Cristo Jesus.
Não desejo que a guerra habite em você.
Desejo que a paz ache guarida no seu interior...
Não desejo que você salve a muitos e nem a poucos.
Desejo que você tente salvá-los de seus medos, desamores, dores e doenças. Mas que antes de tudo cuide em deixar-se salvar pelos mesmos moribundos, cujos corações amolecidos também desejam...buscam...clamam...choram...falam....COMO SEREM CURADOS!
Eu desejo muito mais que isso...Eu desejo para você, o Céu.


M. Serafim