sexta-feira, 7 de março de 2014

Imago Dei


Nos tornamos especifistas em filosofar com o nosso próprio amigo imaginário.
Uns saíram da fôrma em forma de pés quadrados e no chão da existência foram adquirindo a anatomia ímpar dos pés conforme a estrada da vida que sempre será feita de amor por amor...
Outros se perderam no caminho do destino incerto de suas certas dúvidas, porém nunca deixados para trás, foram enxertados na árvore das ciências convictos de estarem certos seguindo seus rumos pela sorte da sábia intuição...
Vejam, as digitais do Criador denunciam a maravilha da vida em sua exuberância suprema....Só não vê quem fecha os olhos para o esplendor de tanta glória, harmonia e graça!
Obviamente haverão as desgraças, mas toda graça seja feita!
Quanta delicadeza possui uma alma que aprecia a beleza que é a vida; o sentir; o ouvir os cânticos dos pássaros que nada ajuntam em celeiros, e sem a solicitude para com a vida são todos eles alimentados pela providência do Céu.
Quem encara a prórpia existência com uma gota de milagre e fatalidade e estando nela a viver seus dias, reflete que mais que viver e obter vida própria, a vida expressa um sentido com a cobiçada eternidade. Mais que viver é compreender-se por saber do porquê se vive e por qual sentido vive.
A santa Natureza revela tal assombroso enigma.
A imagem de Deus está plotada não tão somente nos homens como imanentemente em toda a Sua Criação até agora!
Não ouso falar sobre a transcendência divina.
Todavia só em crê-Lo já posso transcender ao que na minha tacanha percepção seja apenas o congnoscível.
Mano Serafim