domingo, 27 de julho de 2014

É...


É insustentável em nossa geração o flagrante da mentira ideológica sendo pregada como a verdade que liberta o homem das tiranias....,
É inaceitável ver o cinismo humano em aceitar como correto, o errado e o certo como o incorreto...,
É incorretamente adequado se adequar ás condições psico-patológicas de tiranos do poder que se esforçam para permanecer no poder e sobre os demais indivíduos sob o (seu) poder, poder pra sempre ter (em todas as esferas de poder)...,
É inconsertável o caminho trilhado por multidões que deliberadamente decidiriam interiormente enveredar pela porta larga da perdição (crentes ou não do evangelho)...,
É inadmissível ter que conviver com o mal em suas variadas formas de degeneração humana. O homem não mais tem prazer no que é puro, imaculado e simples....,
É incomensurável a torpeza almática dos indivíduos que promovem a todo custo a desgraça, o ódio de morte e a segregação entre os homens (estes se fizerem por si mesmos, duas vezes réus do inferno)...,
É incompreensível a ideia de "arrebatamento dos escolhidos de tal religião" onde a natureza, os animais e o ecossistema estejam de algum modo sendo destruídos em nome de um "Apocalipse" de gerações de ignorantes e de gente desalmadas...,
É irrecuperável o dano sofrido na existência quando a demanda de consumo sobre consumo consumirá a todos....,
É inconfessável o pecado adquirido pela Síndrome da Religião Adquirida que abarca cada indivíduo que a sua própria alma entregou a manipulação alienadora do Sistema Religioso fabricador de fanáticos....,
É irreconciliável ao ser que recusar o sangue do Cordeiro Eterno, e sobre a existencial Aliança de vida e morte, consciente-Mente pisar blasfemamente....,
É imperdoável perdoar apenas os perdoáveis neste Mundo caído, e aos injustificáveis segundo a justiça dos homens, condená-los, pois é Jesus quem inocenta a todos ou sobre todos tem o poder de imputar condenação....,
É impraticável a verdade do evangelho quando a prática sacramentada pela moral da irmandade é o "ente" distorce-dor da mensagem VIVA encharcada da liberdade divina ( a Palavra que liberta, cura, restaura e limpa o interior humano)...,
É imoralmente insana toda moral que não esteja em linha com a Graça A-moral de Deus ( a não ser que os criadores das Morais não estejam incluídos como "doentes" pecadores)...,
É inverossímil que a doutrina com cara de Deus ensinada pelos homens nas igrejas a outros tantos homens tenha algum hiato de liberdade sem manipulações...
É salutar amar segundo Jesus, pois, somente amando como o Mestre amou é que poderemos-conseguiremos ser salvos de nós mesmos, do juízo eterno, dos juízos de toda consciência alheia e das acusações do Diabo!
M Serafim