domingo, 17 de agosto de 2014

JESUS, POR FAVOR, ME "SARVA" DESSES LOBOS VISÍVEIS.


Enquanto que as religiões edificam templos suntuosos, Jesus contra-disse: "Não ficará pedra sobre pedra que não seja derrubada!".

Enquanto os líderes carismáticos neo-religiosos e políticos disseminam doutrinas do medo e da segregação pela chaminé eclesiástica das transferências de poderes sobre o povo, Jesus apenas disse: "Vem e me segue!".
Enquanto que os empresários de púlpito se evidenciam a cada dia em busca de seu lugar ao sol, de uma posição social e no poder político elitizado, Jesus deixa bem claro na História: "O meu reino não é desse Mundo e esses não são os meus servos!"
Enquanto que as reuniões em mega-congregações exige mais espaço físico e acolhimento para multidões, Jesus descomplica o encontro: "Entre no seu quarto e fala em secreto com Aquele que te ouve e te vê em secreto!".
Enquanto que o dizimo é explicitamente cobrado de forma impagável (por parte dos fieis aos cofres dos templos) e de maneira obrigatória pelas igrejas em nome de Jesus, Jesus disse que o dinheiro é uma potestade: Mamon.
Enquanto que se amam mais o que Deus pode fazer em pró da irmandade do que amar a Deus acima de todas as coisas, Jesus vem e diz:"O Pai procura verdadeiros adoradores, que o adore em espirito e verdade!"
Enquanto o mal for produção do Diabo e apenas do Diabo, a maldade humana redimirá todas as endo-diabruras da velha serpente.
Enquanto o culto for o da auto-imagem, a produção teatral no panteão cristão crucificará o Cristo de Deus quantas vezes for necessário para se auto-justificarem como o povo eleito do deus iracundo do AT.
Enquanto o óbvio não for dito, a oratória falaciosa deste atual apostolado do faz de conta, adoecerá celeiros de trigogélicos.
Enquanto o gospel for a versão atualizada de Jesus de Nazaré, Deus terá que pedir licença nos cultos evangélicos para desabafar em alta vox: "Eu não suporto mais a clausura teológica em que vocês me trancaram!".
Enquanto a personificação do mal depender de uma manifestação demoníaca em alguns ambientes religiosos neo-E-pentecostais, as hostes espirituais da maldade nas regiões celestiais entrarão de férias por um bom tempo, visto que cá em baixo e em muitos ambientes de cultos pseudo-afrogélicos, a ciranda de roda do bate-cabeça é um ensaio corporal em relação ao culto de "poder" de muitas reuniões...
GENTE, não é o volume, nem a quantidade que prova a densidade espiritual de alguém, porém, a comunhão com Cristo - e isso não depende de nada físico, oblíquo, paralelo, côncavo e nem convexo, mas de amor simples n'alma e repleto de todos os nossos humanos defeitos!
Quer ver?
Venha aqui em casa (ou até mesmo debaixo de um viaduto) e tomaremos um café neste frio doido...e daí a gente congrega, sim, traga os seus dons, amigos e amor em nome de Jesus, o resto é um "arranjo" (risos), desculpas para quem não deseja obter COMUNHÃO com Deus em Cristo pelos olhos do evangelho!
Enfim, eu poderia estar aqui indefinidamente citando, citando e citando coisas "irrelevantes" diante do evangelho - mas que faz um mal colossal as pessoas de bem que estão porventura envolvidas suas existências nesses ambientes de empobrecimento psíquico e de definhamento espiritual.
Mas me poupo ao oportuno silêncio da oração!
M Serafim