sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Como assim?



Manter o equilíbrio sobre o terreno das emoções pereça ser algo heroico, ou, para poucos.
Viver como um equilibrista circense na linha de uma corda bamba, é mais fácil que evitar bater de cara com os nossos corriqueiros problemas e nunca poder resolvê-los.
Problemas todo mundo têm, mas as vezes, somos levados enganosamente a pensar que temos mais problemas irresolúveis que as demais pessoas neste mundo.
E a ansiedade?
Sendo ela, um dos maiores males psicológico.
Ela é responsável pela porta que abre porta para outros transtornos psicológicos.
"A ansiedade é uma excitação do sistema nervoso central, que acelera o funcionamento do corpo e da mente. Quando estamos ansiosos, liberamos o neurotransmissor noradrenalina, que provoca toda essa excitação. É um processo que pode ser tanto hereditário como adquirido através das experiências que temos nos ambientes mais hostis. A ansiedade está intimamente vinculada à forma como interpretamos as situações da vida".
Mas quem de fato estará preparado para os desafios desta vida moderna?
Quem?
Peçamos a ajuda de Deus - andando com as nossas próprias pernas - para que não gastemos a nosso vida ansiosamente preocupados com o dia-a-dia...
A ansiedade não muda nada, apenas nos adoece psicossocialMente.
Optemos, por favor, em levar uma vida menos futurista, menos estressante e menos correndo.
As pessoas não andam mais, elas vivem andando-correndo num louco frenesi...
Não há "chegada" alguma e nem pódio para quem "alcançar" a ponta nesta corrida entre o corre-corre e a necessidade ativista das coisas para ontem...
A demanda só aumenta conforme aumenta a nossa ansiedade subjetiva.
Ora, se não dê para "matar" (resolver, solucionar, quitar) tal problema, não seja irresponsável, mas não morra por causa disso..o mundo não irá se acabar, a situação irá apenas piorar, e que é pior, você poderá surtar já que não se pode mudar a natureza das coisas e nem dos acontecimentos segundo a nossa excitação...
Pense com calma, tente exercitar a paciência.
Pense diferente.
Pense criativamente, oxigenize-se, e com um ar já renovado, recobrada as forças e energias, expire o problema e inspire gratidão pela circunstância qual você está tendo mais uma grande oportunidade de sair vitorioso diante das adversidade para com a vida - agradecer já seria uma boa pedida para começar a resolver tal problema.
Pense que as coisas irão mudar sim, mais cedo ou mais tarde, mudarão, elas se encaixarão nos devidos lugares e quebra-cabeças, seja otimista e crente.
Cultivar uma vida serena e nutrida com leveza, traz harmonia espiritual, mental e hormonal.
Ta aí, a grande problemática da vida é não sabermos lidar com os (nossos) problemas.
A nossa própria complexidade exige de nós resoluções razoáveis práticas e respeito aos nossos psico-limites.
Este recado serve para ambos os sexos!
M Serafim 12-11-15