sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

FELIZ ANO NOVO?



FELIZ ANO NOVO?
Explico:
Hoje pela manhã um amigo cruzou comigo no caminho...
Ele me desejou felicidades a serem alcançadas em 201...,
Eu educadamente o agradeci....E segui o meu trajeto.
Pensei, mas eu já sou feliz com o que sou e desisto do dever-de-ser feliz com o que tenho ou com o que eu hei de conquistar....
Antes de chegar em casa refleti novamente.
EU SOU!
E se sou o que sou, eu apenas sou, não sou mais um na fila da vida em busca de felicidades efêmeras e cristalizadas...mas sendo eu em mim mesmo do jeito que Deus felizmente me desenhou.
Vejo que a minha autoestima anda saltitando pelas nuvens...
Todavia, eu nunca refleti sobre uma felicidade senão a minha própria existência vivida aos bagos de felicidades. 
Felicidade de ser, felicidade de ter a mim mesmo como indivíduo que prioriza a relação pacifica e solidária com o próximo, respeitando-o. 
Feliz por ter me encontrado comigo mesmo num lance que eu em mim mal me cabia como gente.
Pronto, eis aí o meu discernimento sobre felicidade. 
Felicidade não se encontra nas gandulas do supermercado, felicidade a gente vive do nosso modo exclusivo e existencial de ser, de viver, ou seja, apenas se é feliz sendo!
M Serafim