sábado, 28 de abril de 2012

De dentro para fora...


Na projeção de um olhar poderemos ver um milhão de coisas dando formas e conteúdos imaginários dos mais diversos possíveis. Os psiquiatras afirmam que em nossas mentes existem janelas semi-abertas prontas para se maximizarem ao simples comando cerebral de uma reação positiva ou negativa em nosso consciente...,
Quando uma pessoa que morre de medo de baratas e de repente ver uma na sua frente o que faz com ela entre em pânico é exatamente uma dessas janelas killer que se abre maximizando e assim distorcendo na mente da pessoa a imagem/holograma da barata...
A pessoa passa a enxergar uma barata gigante e voadora vindo em sua direção (risos)!
Na mente humana tudo que pode ser visto dela projetado para fora de seu ambiente interno poderá fazer uma viagem imaginária a milhares de kilometros p/ hora numa fração de segundos. Carregando com ela as nossas vontades e formas de como poderia ser o mundo lá fora!
Poderíamos solucionar todos os problemas do mundo só em um click de pensamento positivo se assim nos fosse possível...o modernismo que o diga!
Da janela da mente observa-se que a cada manhã quando nos despertamos vemos o dia como se a nossa mente fosse uma colcha de retalhos, onde abrimos a janela do quarto para ver o céu e nos deparamos como se quem abrisse um livro, o mesmo livro, porém, com uma página nova...
Imagine você com super-poderes mentais onde seus neurônios pudessem transmitir para as suas mãos, e por fim, para os seus dedos energias na forma de raios de plasmas. Ou mesmo pelo poder da mete você pudesse realizar todas as mudanças que porventura estivessem fora de ordem na sua vida  como também na vida dos outros?
Por onde você começaria?
De dentro para fora?
Ou continuaria a errar em relação ao seu ponto de vista, insistiria, ou seja, começaria pelas exterioridades, pelos seus arredores, pelas outras coisas mais, digo: pelos outros?
Imagine Deus dando autoridade a você sobre o mundo físico? Como você agiria? E administraria esse poder sem se corromper?
Estou convencido de que nenhum homem seria capaz de tal façanha poderosa e metafísica, apesar de existir muitos estelionatários na mídia afirmando que tem poderes sobrenaturais para vender, e dados por Deus para  assim agirem no mundo segundo suas conveniências...
Não sou cético em relação ao poder sobrenatural de Deus na vida dos homens, mas analisemos segundo o evangelho o que de fato seja o poder de Deus agindo nas linearidades do mundo/dimensão visível animal-biológica, e o que  seja os desejos dos fetiches religiosos e emocionais dos homens:
Imaginemos que na sua mente se abra uma janela que lhe permita ver não somente com os olhos físicos  e biológicos a Graça de Deus na esfera da vida humana, e no universo inteiro, mas também com os "olhos-do-entendimento" de maneira transcendental – uma "janela desde a linearidade psico-antropológica á verticalidade metafísica  que lhe permita discernir para além das imagens lúdicas e do conhecimento cognitivo. Daí poder caracterizar: o ouvir; o discernir, o intuir e o crer passarem a ser e ter essência psico-espiritual no cerne de quem se abre com o coração crédulo para o conteúdo de fé que passo a escrever abaixo...
Nascemos como seres humanos e desejamos entrar na vida eterna. Jesus veio da vida eterna e tornou-se homem para morrer. No jardim Getsêmani quando Jesus se revelou como o “Eu Sou” - é Aquele que abre a porta/JANELA e ninguém a fecha, e que a FECHA e ninguém a consegue abrir...[...] e todos os seus inimigos recuaram caíram por terra, Ele ordenou: “Se é a mim, pois, que buscais, deixa ir estes (seus discípulos)” (Jo.18.8).
 Portanto, três "JANELAS" EXISTENCIAIS diferencia Jesus dos demais homens e da figura do MITO.
JANELA-da-AUTORIDADE SOBRE O UNIVERSO FÍSICO  E EMOCIONAL: É exatamente através de sua autoridade sobre o universo físico que Jesus provou que era o Filho do Deus do universo, seus sinais apontavam para a sua deidade (Ele carregava na sua existência humana a sua mente eterna). O milagre realizado nas bodas de Caná, transformando água em vinho, e a sua ordem dada ao vento que soprava as fortes ondas tempestuosas contra o barco onde os seus discípulos navegavam, fazendo-se bonança em seguida, verdadeiramente testificou para os seus discípulos de que realmente este era o Filho Unigênito do Pai. Portanto estes sinais e muitos outros nos ensinam de que o Senhor Jesus não era controlado pelo ambiente, mas Ele na realidade o controlava.
Jesus não usou o seu poder para “ir à forra(EMOCIONAL-MENTE EQUILIBRADO), quando foi tratado injustamente. Ele poderia ter chamado doze legiões de anjos para livrá-lo do horror da cruz, mas se conteve. Ele é o único que contradiz a observação muitas vezes citada por nós: “O PODER CORROMPE E O PODER ABSOLUTO CORROMPE ABSOLUTAMENTE”. Sim ou não?
Este Homem não era produto da criação caída, mas o Próprio Criador. É manifesto que sua origem não era de família humana, mas de outra BIO-esfera. Eis aqui um homem que poderia agir como Deus, Jesus de Nazaré.
Diante de Pilatos e prestes a ser executado na dura cruz, todo desfigurado pelos açoites, como vaticinou o profeta Isaías  “Ele foi moído pelas nossas transgressões e ferido pelas nossas iniquidades” -, Jesus disse: “Para isso nasci...”.
Pergunto e desafio a qualquer psicólogo e psiquiatra, qual homem a semelhança de Jesus conseguiria manter o equilíbrio emocional sabendo que, ANTES mesmo de nascer fora rejeitado pelo mundo; na sua infância sofria o agravo de pertencer a uma família sem possuir um pai biológico (se cursasse uma escola sofreria bullying dos coleguinhas); e o pior, ao invés de se auto-realizar profissionalmente, ao contrário disso, ele carregou até a sua morte A CERTEZA DE SUA BREVE PAIXÃO e sem os traumas psicológicos, onde os seus próprios instrumentos de trabalho inevitavelmente mais tarde se transformariam em instrumentos da sua própria execução, os cravos e o martelo!
2- JANELA-da-AUTORIDADE SOBRE O REINO MORAL: Cristo estava no meio de uma casa, pregando, quando quatro homens trouxeram um paralítico numa maca e tentaram chegar até Ele. Mas o lugar estava tão apinhado de gente, que, os quatro decidiram retirar o telhado da casa e abaixar o amigo, de modo que Cristo tivesse de lhe dar atenção. Fizeram do telhado uma "janela" para projetar o corpo do paralitico!
As primeiras palavras de Cristo para o doente são as mesmas que qualquer psicólogo na sua sã consciência e que lhe faculta tal oficio, faria: “Filho, perdoados estão os teus pecados” - "perdoe e tente se livrar das culpas". É de se entender de que alguns dos escribas ficassem contrariados e perguntassem: “porque diz este assim blasfêmias  Quem pode perdoar pecados, senão Deus?” (Mc. 2.5-7). Vai que eles já petrificados pela Lei não entendiam nadica de nada de psicologia pastoral (risos).
Esta era a decisiva declaração da deidade de Cristo Jesus, pois só Deus pode perdoar pecados. Podemos perdoar o mal que nos fazem, mas só Deus pode perdoar o mal que lhe é feito..., Alguém tem ainda dúvidas?Eu explico tudo de novo!
Cristo Jesus conhecendo os pensamentos deles, respondeu: “Por que arrazoais sobre estas coisas em vosso coração? Qual é mais fácil? Dizer ao paralítico: Estão perdoados os teus PECADOS, ou dizer-lhe: levanta-te, e toma o teu leito, e anda? ORA, PARA QUE SAIBAIS QUE O FILHO DO HOMEM tem na terra poder para PERDOAR PECADOS (disse ao paralítico), a ti te digo: Levanta-te, e toma o teu leito, e vai para tua casa” (Mc.2.8-11).
Conquanto, mais do que nunca se fecha mais uma  janelinha killer para que se abra uma janela peri-espiritual da Graça de Deus na vida do quem assim crer....Aliás, para quem ainda não saiba isso é obra do Espírito Santo e jamais de ciência alguma!
Igreja, não perca a lógica: É muito fácil dizer: “Estão perdoados os teus pecados”, do que dizer: “Levanta-te, e toma o teu leito, e anda”. E a gente fica tendo que aturar um monte de mercadores da fé na T.v. vendendo " milagres divinos"  a preço da cara! E em última análise:"Venham todos que Deus vai curar você HOJE e AQUI!"
Qualquer pessoa pode dizer: “Os teus pecados estão perdoados”, porque o perdão é um milagre invisível que não pode ser verificado diretamente. Falar é fácil. Mas fazer um milagre físico que pode ser verificado objetivamente é mais difícil. A argumentação de Cristo foi: “Que este milagre visível seja prova de que Eu tenho autoridade sobre o mundo invisível”. Ou seja, “De Janelas entendo eu”!
O pecado, embora nem sempre seja a causa imediata de toda a enfermidade, MAS é a causa última de toda miséria humana. O poder de Cristo sobre a enfermidade era forte confirmação de que Ele também tinha poder sobre o pecado.
Cristo tinha e tem autoridade para curar a cegueira espiritual e, assim, mudar a mente-coração humana. Ele também afirmou que será o juiz, o único diante de quem todos terão que prestar contas (Jo. 5.22,23). Nenhuma outra religião tem um líder-Messias que reclamou para si o direito de declarar limpos os pecadores. Nenhum outro ensinou que o destino final de toda pessoa será determinado pela relação dela com Ele.

3- JANELA-da-AUTORIDADE SOBRE O REINO ETERNO: Goste ou não, a eternidade de uma vez por todas foi estampada em nossos corações. Temos um desejo pela imortalidade, um sentimento inato (que nasce com o individuo) de que devemos estar em contato com o infinito. Alguns dos milagres de Cristo comprovam sua autoridade, não apenas sobre o tempo, mas sobre a eternidade. Cristo ressuscitou Lázaro dos mortos como prova dramática de que mesmo a morte não pode limitar a sua autoridade. E mais uma vez o seu poder de conceder vida física confirmou sua autoridade de conceder vida espiritual: “Eu sou a ressurreição e vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; e todo aquele que vive e crê em mim nunca morrerá” (Jo. 11.25,26)
Quando Cristo estava na cruz, perecia impotente e abandonado. Mesmo na agonia da morte, Ele pôde dizer ao ladrão que estava ao seu lado: “Em verdade te digo que estarás comigo no Paraíso” (Lc. 23,43). Nenhum mestre ou guru jamais reivindicou ter tal autoridade. Deduzi-se daí que: Jesus é DEUS, o Deus que está longe, e não obstante tão perto de nós.
Diz-me de qual janela você continua sendo refém que eu te falo de qual milagre você necessita pra ser você sem que nenhum impostor lhe tente habitar a  alma!
Agora você poderá abrir com segurança e sem medo a janela de seu quarto e vislumbrar a benevolente Graça de Deus fazendo com que outras janelas negativas em seu ser se fechem para que como um livro existencial a sua vida tome outra direção Nele.
E, isso só poderá ser possível, digo, do milagre acontecer, se for de uma viagem feita de dentro para fora de você!
E por fim, veja das janelas de sua própria alma a porta da Graça escancarada que te levará ao portal dos invisíveis, cujo Caminho seja Estreito, porém, espiritual-Mente real!

28 de Abril de 2012-04-28
Feira de Santana-Ba
Mano Serafim