domingo, 22 de abril de 2012

Projetando tais ações... A certa in-dependência...


Li-ber-da-de é voar por entre as nuvens aos alísios dos ventos, pois, deve-se ser de uma sensação de onipotência ímpar...
Desassemelha-se de tal falácia humana de se inflarem os pulmões que só preenche engano-sa-mente a mente e não os seus alvéolos..., Daí um superego a ser digladiado e vencido interior-mente.
Melhor não seria se construísse emocional-mente um “zepelim” pelo qual sobre-voasse o inferno emocional dos desacertos para com a vida?...
O far-fa-lhar de centenas de cardumes de sardinhas sobre as faces das águas marinhas denotam tamanha in-de-pen-dên-cia de seguirem as correntes, cujas águas possuam bem mais densidade do que o próprio objeto que desliza ligeiramente entre a imensidão misteriosa aquosa de infinita maritimidade...,
Por que mesmo que nadem em enormes cardumes cada peixe detém a sua própria liberdade em conjunto!
O curioso, o místico e o mistério que envolve gente debaixo de uma mesma ideologia e participante de um mesmo grupo estrutural eclesiástico ainda são insuficientes para que o espírito de irmandade crie corpo, braços e pernas.
Ora, se todas as criaturas das feituras de Deus possuem certa independência na sua existência logo, o homem priva o outro de tal liberdade?
Disseram eles: "Inventemos doutrinas do medo e tirânicas que trarão o povo submisso aos nossos governos!"
Parece-me inadmissível tal ação continuada pela qual vem sido praticada pelos pais da igreja há séculos de história cristã. "Falemos ao povo em Latin para que não entendam os nossos desígnios de coração!"
A Igreja orgânica e SANTA é feita de gente que deseja se sentir gente espiritual e de carne, e não menos do que isso.
A “Igreja independente”, a “igreja” dependente e as confrarias teológicas do sucesso são produções humanas organizacionais em decorrência de uma disputa de Titãs nas áreas da: política de conluio com o Estado (como sempre foi desde os anos de trevas na Idade Média); a concorrência Pentecostal de quem fala mais em “línguas estranhas” percorrendo todos os continentes na abertura de templos e congregações que falem a mesma “língua do marketing evangélico”.
Doravante quem poderá nos assegurar de que a Igreja Orgânica obterá certa independência ao culto?
Se hoje se proíbe o pensar e o refletir sobre Deus e sobre os absurdos da vida – amanhã clonarão a idéia de que Deus seja apenas um sub-produto do fetiche religioso e humano! Alguém deve saber que a maior fábrica de ateus se chama cristianismo ( a maioria dos ateus são crentes  traumatizados pelo sistema cristão capitalista).
Agora mesmo tem gente religiosa se reunindo não em pró de uma sociedade mais justa e pacificada, nem sustentável e com compromisso com o planeta, mas na perspectiva do ódio e da usurpação destituindo assim o direito individual de cada crente no seu universo de fé, como também no seu poder de decisão social ("crente deve votar em crente", assim reza o ditado ditador dos lideres evangélicos). 
O ódio e o evangelho não se combinam jamais!
Certamente que o controle do Mal de que tanto acena-va a Bíblia virá de dentro da "casa de Deus" – Algo, Alguém, ou um Sistema psico-organizacional mundial que se levantará (e que já tem se levantado) contra tudo do que seja de Deus (a Igreja Orgânica) e de tudo que se manifeste como a Graça de Deus pela via de pensamento da Igreja!
Quando se perde a esperança de que Deus opera e age segundo o Seu determinado poder sobre a Igreja triunfante de forma INDIVIDUAL e PESSOAL, se vai também pelo ralo da descrença e do descrédito causado ofensivamente sobre o homem por outro homem que disse ser imantado pelo poder revelador de Deus!
A pergunta existencial de cada discípulo de Jesus em pleno séc.XXI ainda seria – “Para onde iremos nós Senhor se só tu tens as palavras de vida eterna?!”
Todavia, distorceram a puro o simples evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo!
Com a anedota dos inúmeros ministérios pessoais repetiram na histórica fenomenologia igrejista a velha exortação de Paulo: “Trocaram a verdade de Deus pela mentira dos homens, abandonaram o criador adorando a criatura...” (Rm.1).
E esse “fenômeno” na cristandade vem acontecendo sem precedentes, desde a antiga Roma e de suas cátedras aos templos suntuosos feitos de mármores de Israel dos evangélicos pós-modernos!
E para a Igreja de verdade será muito difícil discernir a que Deus pertenceu!
Por que se possível fosse [já sendo possível] o Anti-Cristo enganará até os escolhidos, digo, aos bobinhogélicos!
Haverá luz no caminho e lâmpadas para nossos pés neste caminho escuro?
Paulo na  lucidez do Espírito Santo disse nas entrelinhas: "Possuímos o DNA de Deus no corpo-tabernáculo-do-ser"- o mistério de Deus que esteve oculto durante séculos e que agora o é revelado em NÓS, e em nós expandido quanticamente sem fronteiras geograficas!
Creia, Você é Igreja independente do ambiente em que esteja inserido...
Dentro e fora de tempo, no interior ou no exterior do templo!
SER É SER SEM NADA POSSUIR, PORQUE APENAS SE É SENDO AQUILO QUE DEUS JÁ DETERMINOU QUE FOSSE PELO SEU ETERNO PODER!
HOJE DE PÉ AMANHÃ DEITADO, MAS DEUS É QUEM FORNECE A GRAÇA PARA O CRESCIMENTO DO GRUPO SEM TAIS INTERESSES DE GOVERNABILIDADE E MANDO DE CAMPO..., SOBRE O CORPO DA IGREJA ORGÂNICA...
VOCÊ É, EU SOU, PORTANTO, NÓS SOMOS A IGREJA VIVA E OPERACIONAL,- e PARA ALÉM DA INSTITUIÇÃO que passa e se des-faz QUANDO A IGREJA QUE DEVERIA SER A IGREJA DE CRISTO NO MUNDO ABRE ESPAÇO PARA A SISTEMATIZAÇÃO DE "igrejas" em quaisquer circulos relacionais! EU EM PARTICULAR QUANDO PERCEBO QUE O MEIO EM QUE ESTOU INSERIDO COMO COMUNIDADE DISSOLVE A RAZÃO DE SERE IGREJA E PASSA A SER SISTEMATICAMNTE CONFORME AS  "IGREJAS", CAIO FORA...
O Líder espiritual cristão que carrega em si a responsabilidade da verdade de que infere o evagelho de Jesus Cristo, este tem a autoridade dada por Deus de apascentar um povo eleito e sem a mediocrindade espiritual. 
ALIÁS, QUEM ASSIM NÃO se ENXERGA como a Igreja em Eclésia, esse SE PETRIFICA E SE ATÉM AO FORMALISMO RELIGIOSO ENGESSADO das organizações institucionais religiosas...
Mano Serafim