domingo, 13 de dezembro de 2009

A Bíblia , a Palavra e a Escritura....

AnônimaMano,Veja estes fragmentos de coisas que encontrei. Achei interessantes.
"As pessoas não rejeitam a Bíblia porque ela se contradiz. Elas a rejeitam porque ela as contradiz"
Sobre interpretação errada:
...Ouvi certa vez uma pregação sobre o casamento de Isaque relatado em Gn 24. O pregador disse que o servo de Abraão era um "tipo" do Espírito Santo, e que Rebeca é um símbolo da Igreja. Se formos utilizar tais artifícios em nossa interpretação, poderemos transformar o texto bíblico naquilo que quisermos. Devemos levar a Bíblia a sério. Os casos onde não estiver clara uma figura de linguagem, ou onde o estilo de literatura não for claramente figurativo, tais como nos Salmos e no Apocalipse, devemos sempre interpretar literalmente. O bom senso e a liderança do Espírito Santo nos garantirão bom resultado nessa empreitada.
Resposta de Alfredo:
Mana,Vosmicê lembra da pergunta em sala de aula(FATEF) : "A Bíblia, contém, não contém , ou é a Palavra de Deus?"- E alguém numa reunião me fez tal pergunta. Eu o respondi filosoficamente, pois, sabia que tal "crente-fariseu" estava apenas querendo me testar/tentar na presença dos demais...,Então, a faço, a mesma pergunta: A Bíblia é ou não a Palavra de Deus?Ora, cada pessoa tem a sua forma de ver e de crer religiosa-na-mente...,Todavia crer de que a Bíblia seja INERRANTE por ser considerada a Palavra de Deus tenho as minhas dúvidas extremamente contundentes, pois, a Bíblia pensada, interpretada e CONSIDERADA como infalível POR CAUSA da sua canonicidade é um erro contumaz..., falível e muito..., é o que penso!Mas, se pensada e interpretada como a Palavra de Deus contida na Bíblia, aí sim, eu creio que seja infalível, neste caso, seja a "voz-mente-vontade-ação" de Deus nas Escrituras. Tendo tal discernimento de que nem tudo que nela esteja ESCRITO seja de fato a Palavra de Deus.
O que quero dizer com isso?
E que não seja nada de se causar estranheza e espanto para mim quanto para muitos que a interprete lendo-a como BASE hermenêutica: JESUS, o Verbo Encarnado de Deus...,A exemplo de que o pai da fé, Abraão, tenha vivido pela fé na Palavra antes de haver Escritura, mostrando-nos assim, que a Palavra precede a Escritura.Assim e quando Paulo disse "sede meus imitadores "- Neste tempo, o próprio Paulo era o exemplo do própio prototipo-discípulo "verbo-em-ação" da Palavra-vontade de Deus Encarnada, não obstante des-encarnada(Jesus) no seu apostolado, isto é, Paulo disse isto antes de haver a Escritura como prova existencial de sua conduta em Cristo. Tendo se formado mais tarde como a base-regra de fé cristã - "Sede meus imitadores como eu sou de Cristo!".
A fé vem pelo ouvir-escutar-crer-render-se à Palavra.E a pregação só é Palavra se o Espírito estiver soprando. Do contrário, é só prega-ação!
E a pregação que não é Palavra é apenas estudo bíblico, podendo gerar mais doença do que libertação[como tu bien dissestes anteriormente:"palavra sem alimento..."]
É só fitar os teus olhos-ouvidos na pessoa de seu Papa-stor hominal..., Rsrrsr.
A grande tentação é fazer a Escritura se passar por Palavra. As Escrituras se iluminam como a Palavra somente quando aquele que a busca tem como motivação o encontro com a Palavra de Deus. Ou quando o Deus da Palavra fala antes ao coração!
A Bíblia é o Livro.
A Escritura é o Texto.
A Palavra É!
“Escritura” sem Deus é apenas um texto religioso aberto à toda sorte de manipulações!No genuíno encontro com Deus e com a Palavra, a Escritura vem depois.
Sim! A Escritura vem bem depois!
O processo começa com a testificação do Espírito — pelo testemunho da Palavra de que somos filhos de Deus (Atos 16:14; Romanos 8:14-17; 10:17).
Depois, nos aproximamos da Escritura, pela Palavra. Então, salvos da “Escritura” pela Palavra, estudamo-la buscando não o seu poder ou o seu saber, mas a “revelação” imponderável acerca da natureza e da vontade de Deus, que daquele “encontro”—entre a Escritura, a Palavra e o Espírito — pode proceder.
Para tanto, veja João 5:39-40, onde o exame das Escrituras só se atualiza como vida se acontecer em Cristo.
Um exemplo do que digo é a tentação de pular do Pináculo do Templo. Tinha uma “base bíblica”— se levarmos em conta a Escritura como sendo a Palavra. Mas o que Jesus identificou ali foi a Escritura sem a Palavra.
Um ser pré-disposto ao sucesso teria pulado do Pináculo em “obediência” à Escritura e à sua literalidade, violando, para sua própria morte, a Palavra.
Sim! Estava escrito.
Porém, não estava dito!
Ora, é em cima do que está escrito mas não está dito, que não só cometemos “suicídios”, mas também “matamos” aqueles que se fazem “discípulos” de nossa arrogância, os quais, motivados pelas nossas falsas promessas, atiram-se do Pináculo do Templo abaixo.E é também por causa desse tipo de obediência à letra da Escritura que nós morremos.
A letra mata!
Olhamos em volta e vemos o Livro de Deus em todas as prate-Lei-ras. Vemos o povo carregando-o sob o braço e percebemos que eles são apenas “consumidores de Bíblias”.
Vemos seus lideres e os percebemos, muitas vezes, apenas como “mercadejadores” de Bíblias e dos “esquemas” e “programas” que se derivam do marketing que oferece e vende sucesso em “pacotes em nome de Jesus”.
Sim! E isso tudo não porque nos faltem Bíblias e muito menos acesso à Palavra.
O que nos falta é buscar a Deus por Deus.
O que nos falta é sermos filhos amados de Deus não porque isto nos dá status Moral sobre uma sociedade que não é mais perdida que a própria “igreja”, coletivamente falando, é claro!
O que nos falta é a alegria da salvação, sendo essa alegria apenas fruto de gratidão.Nesta semana quando ia para a igreja juntamente com as minha filhas: Rebeca e Ester, Ester me perguntou onde estava a minha Bíblia, então a mostrei na minha mão. E Ela disse: "Meu pai, vc a sabe toda?"-Respondi: Não! Eu apenas guardo a Palavra de Deus no meu coração sem necessariamente tê-la na sua inteireza decorada na mente!É somente na Graça que a leitura da Bíblia tem a Palavra para o coração humano. Sem a iluminação do Espírito a Bíblia é apenas o mais fascinante de todos os best-sellers.´A Bíblia que hoje leio é aquela sem nenhum rodapé e sem nenhuma indução temática.
Nele, Que desde o principio era o Verbo BARA, depois Palavra-Encarnado..., E hoje se manifesta como O Espirito da Revelação da Palavra nas Escrituras...,Ora , Jesus é DEUS!
Mano Serafim